A SOCIOLOGIA COMO UMA DISCIPLINA DESAFIADORA

Em meio a algumas experiências que tenho tido como professor da disciplina de sociologia no Ensino Médio, passei a fazer anotações sobre os principais desafios de mediar os conteúdos, criar estratégias de ensino-aprendizagem, entre outros, a fim de fazer uma auto reflexão sobre as minhas práticas e de contribuir com os que estão iniciando esse caminho.

Em primeiro lugar, é importante dizer que os desafios se iniciam desde o primeiro momento em que assumimos formalmente a disciplina junto a escola. Pois em decorrência do seu recente retorno as salas de aulas, ou do seu retorno do exílio, ainda não possui uma proposta curricular definida. Nesse sentido, o professor deve, como manda o protocolo, buscar orientações nos PCN”s, OCN’s, indicar um livro para ser utilizado como uma espécie de “fio condutor” dos estudos e discussões; tomando cuidado para não indicar um material muito complexo, reproduzindo suas aulas no curso de Ciências Sociais, nem simples demais.

No cotidiano da disciplina tenho percebido a dimensão dos desafios vivenciados pelo  representante desse campo de discussão. Estes notados entre jovens alunos que não estão habituados com a reflexão sobre de temas sociais.   Tenho percebido nas falas de alguns jovens, que o mundo social ainda representa um algo desconhecido, que os problemas sociais, por mais que estejam acontecendo na casa do vizinho ou na esquina, ainda permanecem sendo “o problema do outro”.

Na tentativa de possibilitar reflexões sobre a nossa co-responsabilidade frente as questões sociais, temos proposto  momentos de debates que  procuram, através de problematização de alguns temas, romper com algumas formas de pensar cristalizadas.

Observamos que esses debates e reflexões têm sido mais aceitos, principalmente no meio daqueles que de alguma forma vivenciaram algum tipo de experiência coletiva, em grupos de jovens, ações de voluntariado, entre outras. Estes, são os que mais tem expressado conhecimentos sobre as questões sociais, e interesse em debater os conteúdos da disciplina. Por outro lado, esse grupo tem sempre representado a minoria na sala de aula. A verdade é que não são muitos os alunos que participam de grupos, ou que se interessam por temas sociais, a maioria demonstram estar preocupados com outras questões, referentes ao trabalho, ao acesso a bens de consumo, etc.

Nos corredores, ao conversar com alguns alunos sobre o interesse nas diferentes disciplinas, este tem sido direcionado as que serão avaliadas no vestibular. Como a sociologia ainda permanece de fora desse grupo, a ela tem sido reservado um pequeno lugar nos cadernos dos alunos . Lugar este  quase sempre dividido com outras disciplinas como filosofia, religião e artes.

É certo que a disciplina é desafiadora, não em seus conteúdos, mas na sua mediação frente a realidade a qual ela se propõe. Como nos identificamos com esses desafios, e vemos na educação mais que uma possibilidade de ganhar dinheiro e pagar as contas, temos enfrentado toda a estrutura que insiste em permanecer resistente ao novo que representamos.

27/02/2010

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s