UMA ESCOLA ESPECIAL

Fazem alguns meses que visitei uma escola no interior do Estado. Esta, entre muitas que conheci, me inquietou pela simplicidade de suas instalações  físicas. Sua construção, fachada e cobertura, pareciam contrariar todas as dificuldades da região. Parecia que tinha sido construída como uma ação de resistência as dificuldades externas e falta de acesso a oportunidades.

No local, percebi que, em meio as muitas casas de barro construídas, a escola representava um caminho aberto a todas as gerações, cujo conhecimento parecia ser compreendido como o mais importante instrumento de libertação. Como um grito daqueles que a defendia, revelando aos passantes que ela tinha um papel importante na comunidade.

A sua localização contrariava os tradicionais modelos de ocupação dos espaços nas comunidades, quase sempre preenchidos com pracinhas, quadras, bares ou igrejas em seu canteiro central. No centro, representando a sua importância para a comunidade, estava a escola feita de cobertura de lona.

Essa experiência me possibilitou muitas reflexões, entre elas, o quanto é importante resistir frente as dificuldades; e quanto o conhecimento, independente de onde construído, pode representar um caminho para que alguns reescrevam suas histórias.

O nome da escola, homenageava uma educadora, cujo esposo fora exilado injustamente por acreditar e lutar por um mundo melhor. Fora exilado, por sujeitos que não acreditavam na vitória dos que construíram a escola.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s